O Brasil conta hoje com um mercado onde 99% das empresas são de pequeno e médio porte, segundo o Sebrae.

Governança Corporativa nas Pequenas e Médias Empresas

Universo que se espalha por todas as regiões e segmentos, o mundo de PMEs passa, hoje, por uma forte transformação digital. Um estudo da IDC Brasil aponta, no entanto, que 70% das PMEs brasileiras enfrentam dificuldades em sua jornada digital. Garantir a segurança da informação é um desses desafios.

A transformação digital vem oferecendo nos últimos tempos a oportunidade para as empresas de pequeno e médio porte concorrerem de igual para igual com as grandes corporações, haja visto o exemplo das Fintechs que estão tirando o sono dos gigantes financeiros.

Ao mesmo tempo, isso proporciona um cenário de forte concorrência entre as empresas desse porte, e o número de empresas que acabam fechando as portas com menos de 1 ano aumentou muito. 

Quando se oferece a Governança Corporativa para apoiá-los, eles acabam recusando, pois, alegam que é muito cara e não trará resultados para sua companhia a curto prazo, que precisam de altos investimentos e acaba se tornando inviável, que não condiz com a sua necessidade. 

O foco principal dessas empresas está voltado para o aumento das vendas/serviços e, portanto, não conseguem enxergar os benefícios que a Governança Corporativa, pode proporcionar até mesmo em empresas que já estão a algum tempo no mercado.

O grande desafio é conseguir apresentar e implantar algumas ações que possam ser executadas pela empresa que, muitas vezes, não requer altos investimentos e trará retornos que possibilite o crescimento da empresa de forma ordenada e bem administrada.

Por outro lado, a pequena ou média empresa deve a partir de agora adotar as melhores práticas de governança dos seus dados corporativos porque, com a entrada da Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil, e com os constantes casos de vazamento de dados de empresas nacionais e estrangeiras de diversos portes e segmentos, os gestores de TI têm pelo menos três boas razões para traçar um plano de ação:

  1. Os dispositivos móveis são praticamente onipresentes e fazem parte da rotina da maioria das pessoas ao redor do mundo. Um estudo aponta que até 2023, o planeta terá 20 bilhões de dispositivos de Internet das Coisas (IoT) conectados e 1.8 bilhão de devices IoT com conexões celular.
  2. Os dados sensíveis das empresas estão se movendo nesse ambiente móvel, fugindo do perímetro tradicional da segurança.
  3. A nova regra já garante ao cidadão mais controle sobre seus dados pessoais, principalmente na forma como tais informações serão coletadas, armazenadas e protegidas.
Endereço

Av. Dr Alberto de Oliveira Lima, 244 - Vila Tramontano - SP
05690-020